Os Craques – Patrick Peterson

Patrick Peterson

 

BIO

Time : ARIZONA CARDINALS
Posição : Cornerback
Idade : 26 Anos
Draft : 5º PICK do 1º Round – Cardinals – 2011
Universidade de Origem : LSU
Carreira na NFL : Em 80 Jogos , conseguiu 246 Tackles, 2 sacks e 17 Interceptações (retornando 1 delas para TOUCHDOWN)

 

Depois de uma carreira universitária destacada, Peterson entrou no processo pré-draft 2011 como um dos nomes mais cobiçados.

Dono de um físico privilegiado para atuar na linha secundária, teve que reverter a percepção que não era tão veloz para marcar individualmente os Wide Receivers mais rápidos da NFL. Muitos scouts projetavam uma transição para Safety após alguns anos como profissional.

Seu maior impacto como calouro foi retornando Punts, quando levou 4 deles para TOUCHDOWN (todos de 80 jardas ou mais). Nunca mais teve brilho semelhante em SPECIAL TEAMS.

Aos poucos solidificou-se como um dos Cornerbacks de elite da liga, protagonizando batalhas memoráveis contra recebedores como Calvin Johnson (ex Lions) e Julio Jones (Falcons), este último com quem digladia desde a época universitária.

Antes da temporada 2014 teve o contrato renovado num patamar que confirmava o status de estrela. Porém, diagnosticado com diabetes, teve performance irregular neste ano, adaptando-se a nova condição.

Para 2015, trabalhou forte o lado atlético na OFFSEASON, perdendo considerável peso e ganhando agilidade. O esforço se refletiu em campo num desempenho sublime. Foi o Cornerback mais evitado da NFL, com os Quarterbacks adversários constantemente buscando alvos marcados por outros defensores.

Essa capacidade de anular o designado recebedor adversário, permite o coordenador defensivo dos Cardinals a ser ultra agressivo, abusando das BLITZES e liberando Tyrann Mathieu (CB/S) para “caçar” a bola em busca de TURNOVERS.

Hoje, Peterson define o termo SHUTDOWN CORNER na NFL. Poucos de sua posição recebem a mesma incumbência: perseguir o melhor recebedor adversário pelo campo, independente do lado em que alinha.

 

 

 

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *