Boletim NCAA – Clemson derrota Alabama e é o novo campeão nacional

#2 Clemson 35 x 31 #1 Alabama – College Football Playoff National Championship 

Em uma partida de alto nível técnico, a universidade de Clemson derrotou o time de Alabama, por 35 a 31 e venceu o Campeonato Nacional pela segunda vez. O Tigers entrou o campo com o peso de vencer o segundo título nacional após um longo tempo de espera, pois a equipe foi campeã pela primeira vez em 1981. Dessa vez, o time de Alabama chegou como favorita e perdeu sua primeira final desde a chegada do head coach Nick Saban, que agora possui cinco títulos (um com LSU) e um vice-campeonato.

O primeiro quarto de jogo foi dominado por Alabama. Na primeira posse de bola de Clemson, a defesa da Crimson Tide impediu uma primeira descida na quarta tentativa de conversão do Tigers e a bola retornou para Bama. Na próxima série, o running back (RB) Bo Scarbrough anotou o primeiro touchdown (TD) dele no jogo, uma corrida de 25 jardas para a endzone. A partir daí, a defesa da Crimson Tide foi soberana. Foram quatro posses de bola consecutivas de Clemson que terminaram em punt. Faltando cerca de dez minutos para o final do primeiro tempo, Scarbrough anotou seu segundo TD da partida, em uma corrida de 37 jardas. O Tigers reagiu ainda no primeiro tempo. Com seis minutos restantes para o intervalo, o quarterback (QB) Deshaun Watson correu para o touchdown

O linebacker Ben Boulware esteve em sua última partida universitária por Clemson e venceu o título nacional (Divulgação: Steve Mitchell/USA TODAY Sports Image)

A segunda etapa não poderia começar pior para Clemson. Na linha de 38 jardas do campo defensivo, o RB Wayne Gallman sofreu um fumble forçado e recuperado pelo linebacker (LB) Ryan Anderson. Alabama já começou sua campanha na linha de 16 do campo do Tigers, porém a defesa de Clemson foi bem na red zone e permitiu apenas um field goal (FG) do kicker (K) Adam Griffith. Durante o primeiro tempo, o setor ofensivo oscilou e depois do fumble, o ataque de Clemson jogo em alto nível. Após um punt ruim, Watson e cia. começaram a sua série na linha de 42 jardas do campo de Alabama. A campanha terminou em um passe para touchdown do quarterback para o wide receiver (WR) Hunter Renfrow. Depois do Tigers encostar no placar, Alabama respondeu com um passe para TD de 68 jardas do QB Jalen Hurts para o tight end (TE) O.J. Howard. Esta foi a última série do RB Bo Scarbrough no jogo, depois de sua corrida o atleta sentiu um desconforto e ficou de fora do resto da partida. Clemson reagiu na próxima jogada com um passe para TD de Watson para o WR Mike Williams, que colocou a equipe próxima de Alabama no placar, 21 a 24. Faltando menos de cinco minutos para o final, Gallman entrou na endzone para marcar seu primeiro TD na noite. Na próxima posse de bola de Alabama, Jalen Hurts respondeu com uma corrida de 30 jardas para a endzone. Após a pontuação de Bama e a Crimson Tide, mais uma vez na frente no placar, Watson liderou Clemson para a última série da partida e da sua carreira no futebol americano universitário. Depois de oito jogadas, Renfrow recebeu o segundo passe para TD da noite e faltando um segundo no cronômetro decretou a vitória para o Tigers em uma partida memorável. 

Nick Saban (E) perdeu o seu primeiro título nacional na carreira (Divulgação: John David Mercer/USA TODAY Sports)

“Nós vimos o topo disso no ano passado e não conseguimos chegar. Hoje a noite nós avançamos. Foi uma coisa que não fizemos nos últimos oito anos, mas hoje nós conseguimos” disse o treinador principal de Clemson, Dabo Swinney. O Most Valuable Player (MVP) da partida foi o quarterback Deshaun Watson, que acertou 64.3% dos passes, totalizou 420 jardas aéreas, três passes para touchdown e mais um terrestre. O Tigers teve quatro recebedores com mais de 90 jardas recebidas no jogo, o TE Jordan Leggett e os WRs Mike Williams, Deon Cain e Hunter Renfrow. Após ficar de fora da final do ano passado por lesão, Williams se recuperou e totalizou ontem 94 jardas recebidas e um touchdown contra Alabama.

Pelo lado da Crimson Tide, o TE O.J. Howard teve 106 jardas aéreas e um touchdown. A equipe da Nick Saban perdeu Scarbrough no terceiro período mas o atleta teve uma boa atuação enquanto esteve em campo, foram 93 jardas terrestres e dois touchdowns. Hurts fez uma partida razoável, levando em consideração que estava sem o coordenador ofensivo que o acompanhou desde o início e por ser um atleta no primeiro ano de futebol americano universitário. Foram 41.9% dos passes completos, 131 jardas aéreas e 63 terrestres, um passe para touchdown e outro em uma corrida de 30 jardas. 

Este foi o último Boletim NCAA da temporada de 2016 do College Football. Sugestões e críticas, sejam positivas ou negativas, podem ser enviadas nos meios disponibilizados pelo site ou em contato direto com algum membro da equipe 10 Jardas. 

Márcio Nunes

Estudante de jornalismo, fã de esportes, principalmente futebol americano. Acompanha NFL e futebol americano universitário. Está no Twitter pelo perfil @TheMarcioNunes

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *