Punts – Liga Canadense (CFL)

.

Uma variação do futebol americano é o segundo esporte mais popular do Canadá, disputado desde 1958.

O princípio do jogo é o mesmo, mas várias regras distanciam a CFL da NFL, e dificultam a flutuação de jogadores de uma liga para outra.

Apenas 1 jogador faz parte dos HALL OF FAME tanto da CFL como da NFL, Warren Moon (QB). Outros jogadores fizeram uma boa transição como Doug Flutie (QB), Joe Horn (WR), Jeff Garcia (QB), Raghib “Rocket” Ismail (WR) e Cameron Wake (DE) que atualmente brilha no Miami Dolphins.

Mesmo com as diferenças de regra, nas décadas de 50 e 60 as 2 ligas faziam um jogo amistoso por ano, com regras mescladas. Uma única vez um time canadense venceu. Em 1961, o Hamilton Tiger Cats derrotou o Buffalo Bills.

.

Diferença nas Regras

As diferenças começam pelo campo de jogo, maior do que na NFL. Aqui ele tem 110 jardas de cumprimento, 65 jardas de largura, e cada ENDZONE tem 20 jardas, dificultando imensamente o trabalho da defesa.

Outro ponto significativo é a posição do poste em Y, na GOALLINE, ao invés de no fundo da ENDZONE. Isso impacta as estratégias dentro da RED ZONE, fazendo com que os Quarterbacks evitem os passes pelo meio.

As bolas têm basicamente o mesmo tamanho, raramente um Quarterback reclama da diferença.

No SNAP, a defesa precisa ficar a 1 jarda de distância da linha de Scrimmage, novamente atrapalhando a vida da defesa, que enfrenta sempre um POCKET já armado.

Em compensação o ataque tem apenas 3 Downs para avançar as 10 Jardas necessárias, ao invés de 4. Mas vemos muito mais tentativas de última descida faltando apenas 1 jarda, por esta distância da defesa no SNAP.

Por ter 1 Down a menos, o jogo aéreo é mais utilizado do que o de corridas, deixando as ações bem agressivas.

Outro ponto a se destacar é a movimentação antes do SNAP. Enquanto na NFL apenas 1 jogador pode se mover depois que o time ofensivo assume sua formação, na CFL todos os jogadores são permitidos, com exceção do Quarterback e da linha ofensiva.

Mas a principal diferença: cada time entra em campo com 12 jogadores, mudando completamente as alternativas de jogadas e marcação. Mas assim como na NFL, 5 jogadores devem formar a linha ofensiva.

Veja um exemplo de formação:

Na formação mais comum de 12 homens, sai o Tight End tradicional e entram 2 Slot Backs. Já na defesa, os times jogam com 1 Safety apenas e 2 Defensive Backs à sua frente.

Quanto aos times de especialistas, não é permitido o FAIR CATCH nos Punts, que o jogador da NFL pode sinalizar, quando não vê uma boa oportunidade de retorno. Além disso, nos Punts, não é necessário que alguém do time recebendo a bola tenha tocado nela para que seja fumble. A qualquer momento alguém do time chutando pode recuperá-la.

Nos Kickoffs, se a bola sair pelo fundo da ENDZONE ou o retornador não conseguir ultrapassar com ela a linha inical do campo, o time que chutou ganha 1 ponto (ROUGE).

Interessante é a opção de DROP KICK, chute que pode ser tentado pelo time de ataque a qualquer momento, deixando a bola quicar para chutá-la, e que pode ter dois tipos e resultados positivos: 3 pontos quando a bola ultrapassa o poste em Y, ou 1 ponto quando o jogador erra o Y, mas a bola sai pela linha de fundo num ROUGE.

O DROP KICK é permitido na NFL, mas muito raro de ser utilizado, talvez porque ao contrário da CFL, ele só pode ser feito enquanto a bola ainda não tenha ultrapassado a linha de Scrimmage.

Em sua temporada de despedida, jogando pelo New England Patriots, Doug Flutie (QB) recebeu uma homenagem de Bill Belichick (HEAD COACH), na forma de uma permissão para tentar um lance assim. Veja o vídeo:

.

Como um último detalhe, se a bola sai pela linha lateral, a posse fica com quem a tocou por último. Na NFL, tem a posse da bola que por último tinha claramente o controle dela.

.

O Campeonato

A pré-temporada 2011 começa amanhã, dia 15 de Junho, e a temporada regular dia 30 com o confronto entre BC Lions e Montreal Alouettes

Os 8 times são separados em 2 Divisões (Reparem que os 8 QBs projetados como titulares formaram-se nas universidades americanas, jogando na NCAA, e alguns deles têm passagens por times da NFL):

Divisão East

Hamilton Tiger-Cats

Quarterback: Kevin Glenn (Universidade Illinois ST)

Montreal Alouettes

Quarterback: Anthony Calvillo (Universidade Utah ST)

Toronto Argonauts

Quarterback: Cleo Lemon (Arkansas ST) com passagens pelos Ravens, Chargers, Dolphins e Jaguars

Winnipeg Blue Bombers

Quarterback: Buck Pierce (New Mexico ST)

.

Divisão West

British Columbia Lions

Quarterback: Travis Lulay (Universidade Montana ST) com passagem pelos Seahawks

Calgary Stampeders

Quarterback: Henry Burris (Universidade Temple)

Edmonton Eskimos

Quarterback: Ricky Ray (Universidade Sacramento ST) com passagens pelos 49ers e Jets

Saskatchewan Roughriders

Quarterback: Darian Durant (Universidade North Carolina) com passagem pelos Ravens

.

A temporada regular canadense é longa, com 18 jogos. Cada time joga 2 vezes contra os adversários da outra divisão, quatro vezes contra 1 dos rivais da mesma divisão, e outras três vezes contra os dois outros times da divisão (em esquema de rotação).

Os primeiros colocados de cada divisão estão automaticamente classificados pra semifinal, e seus adversários serão o vencedor entre a partida dos segundos contra os terceiros colocados.

A grande final é chamada de GREY CUP, sendo o segundo troféu mais antigo dos esportes norte-americanos. Somente a Stanley Cup, título do campeonato de Hóquei no gelo a precede.

Ela acontece numa das cidades hóspedes da competição, previamente determinada, no fim de Novembro.

O atual campeão é o Montreal Alouettes. Veja os highlights do Grey Cup 2010:

.

Expansão

Durante a década de 90, a CFL tentou se expandir, incluindo 7 times nos EUA nas seguintes cidades: Sacramento (depois mudou-se para San Antonio), Shreveport, Baltimore (que foi campeão de 1995), Memphis, Birmingham e Miami.

A empreitada não funcionou economicamente, e esses times foram extintos.

Depois de tempos difíceis, a liga voutou a se fortalecer, e procura expandir-se novamente. Desta vez o foco é o próprio Canadá.

Em 2013, uma nova equipe já está confirmada para Ottawa, e um décimo time em estudo, com as seguintes possibilidades: Halifax, Moncton, Ontario, Quebec City, Nova Scotia, Windsor, New Brunswick e correndo por fora, Rochester no estado americano de New York.

.

—– Próximo Post: Boletim NCAA —–

6 comments

  1. Caraca! Que doidera! Não sabia que a CFL fosse tão diferente. Será que essas diferenças não se devem a resquícios mais fortes do Rugby no futebol canadense?

  2. T. Marçal

    Como assistir a CFL tem algum link de sites ? me interessei, antes de voltara NFL é bom passar um tempo com a CFL

  3. JP
    Author

    @ Diego e Luiz : Os 2 estilos de futebol americano (e também o Australiano) derivaram do Rugby em momentos distintos, e o canadense se assemelha mais em certos pontos.

    @ T.Marçal : A ESPN 3 passa online. deve ter outras formas também.

  4. Pingback: Perfil HC 2013 – pt.1 | Futebol Americano 10 Jardas

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *


5 × 9 =

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>