Boletim NCAA – Oregon sofre derrota pesada para Washington; Stanford fora do ranking

Ranking da Associated Press (AP) após a semana 6

  1. Alabama                   14. Florida State
  2. Ohio State                15. Boise State
  3. Clemson                   16. Miami
  4. Michigan                  17. Virginia Tech
  5. Washington             18. Florida
  6. Texas A&M              19. Oklahoma
  7. Louisville                 20. West Virginia
  8. Wisconsin                21. Utah
  9. Tennessee                22. Arkansas
  10. Nebraska                  23. Auburn
  11. Baylor                       24. Western Michigan
  12. Ole Miss                   25. Navy
  13. Houston

Jogos em destaque

Trevor Knight (8) teve dois passes para touchdown e duas interceptações (Divulgação: AP/David J. Phillip)

#9 Tennessee 38 x 45 #8 Texas A&M

Os Aggies derrotaram os Volunteers na segunda prorrogação do jogo do último sábado (8). Desde 1994, a equipe da universidade de Texas A&M não começava a temporada com seis vitórias e nenhuma derrota. A defesa do time da casa forçou sete turnovers da equipe de Tennessee. Este foi o maior número de takeaways dos Aggies desde 2005. Nas últimas cinco partidas, os Vols perdiam por uma margem de dois dígitos de pontuação e conseguiram reverter o resultado. Tennessee perdia por 21 pontos no terceiro quarto graças à seis turnovers e empatou o jogo faltando 41 segundos para o final. No primeiro tempo de prorrogação, as duas equipes fizeram um field goal. Na segunda etapa do overtime, o quarterback (QB) dos Aggies, Trevor Knight, acertou o passe de uma jarda para o touchdown. Na posse de bola dos Vols, Armani Watts interceptou o QB Joshua Dobbs e deu a vitória a Texas A&M. O destaque ofensivo do jogo foi o running back (RB) dos Aggies, Trayveon Williams, que teve 217 jardas terrestres e um touchdown.

Após derrotar Oregon, a universidade de Washington possui nove vitórias consecutivas (Divulgação: Associated Press/Thomas Boyd)

#5 Washington 70 x 21 Oregon

Após derrotar o rival Stanford, a expectativa era sobre até onde os Huskies poderiam ir nesta temporada. Depois de colocar 70 pontos no placar na vitória sobre Oregon, a equipe de Washington disparou na conferência Pacific 12 (Pac-12). Já são três vitórias dentro da Pac-12 e seis no total. A equipe mais próxima de Washington no momento é o rival Washington State, que possui duas vitórias dentro da conferência e um jogo a menos. A vitória acabou com a sequência de 12 derrotas consecutivas para os Ducks. O running back Myles Gaskin teve 197 jardas e um TD na partida. Também com destaque no jogo, o wide receiver (WR) Dante Pettis recebeu oito passes, teve 134 jardas e dois touchdowns. Os 70 pontos marcados por Washington foi o maior na história da universidade desde a temporada de 1944. Esta foi a quarta derrota consecutiva dos Ducks, o que não acontecia desde 2006. 

Outro destaque: Indiana 17 x 38 #2 Ohio State

A equipe de Ohio State sofreu com a defesa do passe do time de Indiana. Por isso, o head coach (HC) Urban Meyer e o quarterback J.T. Barrett tiveram que recorrer ao jogo terrestre. Barrett teve o maior número da carreira em tentativas de corrida com 26, somou 137 jardas e um touchdown. No jogo aéreo, o QB dos Buckeyes acertou apenas nove passes de 23 tentativas, teve 93 jardas e um touchdown. A forte defesa de Ohio State apareceu na segunda etapa e cedeu apenas uma pontuação aos Hoosiers. A defesa dos Buckeyes teve nove tackles atrás da linha de scrimmage, um sack e cinco passes defendidos. O time de Meyer está invicto na temporada com cinco vitórias, sendo duas delas dentro da conferência Big Ten.

Jogador em destaque

“Quanto mais pontos você conseguir marcar, melhor” disse o quarterback Jake Browning (3) (Divulgação: AP/Thomas Boyd)

Jake Browning – quarterback – Washington

O escolhido desta semana foi o quarterback dos Huskies, Jake Browning. O atleta teve 309 jardas aéreas e bateu o recorde da universidade em passes para touchdown em uma partida com seis. Além do jogo aéreo, Browning teve mais dois TDs terrestres. O quarterback contribuiu para a segunda maior derrota na história de Oregon, que em 1941 foi derrotado por Texas por 71 a 7, um ponto a mais que Washington. Os oito touchdowns de Browning na partida empatou no recorde de TDs por um atleta em um jogo na história da Pac-12.

Zebra da semana

Na chuva de Maryland, o QB Will Worth liderou Navy para a vitória contra #6 Houston (Divulgação: AP/Nick Wass)

#6 Houston 40 x 46 Navy

Após vencer Oklahoma na primeira rodada e somar mais quatro vitórias, a expectativa era que os Cougars iriam terminar a temporada de forma invicta. Porém, a Academia Naval dos Estados Unidos (Navy) não contribuiu para a série de Houston. Os Midshipmen deram prosseguimento a triple-option offense e deram aos Cougars a primeira derrota na temporada e na conferência. A partir de agora, fica mais complicado para Houston conseguir uma vaga no College Football Playoff (CFP) e se tornar a primeira equipe de fora da Power Five a jogar no novo modelo de competição. Esta foi a primeira vitória de Navy sobre uma equipe ranqueada no top-10 desde 1984, quando derrotou #2 South Carolina. O quarterback dos Midshipmen, Will Worth, teve 115 jardas terrestres e passou para dois touchdowns. Houston cometeu seis turnovers e cedeu mais pontos na partida contra Navy, do que nos últimos quatro jogos combinados.

Head coach da semana

Justin Fuente tem 54 vitórias e 30 derrotas na carreira como treinador principal (Divulgação: Matt Gentry/The Roanoke Times via arquivo da AP)

Justin Fuente – Virginia Tech

Após a saída de Frank Beamer da posição de head coach dos Hokies, o treinador principal que comandou Memphis entre 2012 e 2015, Justin Fuente, assumiu o posto do sexto treinador mais vitorioso na história da FBS. O colaborador do site SB Nation, Bill Connelly, questionou no seu texto de prévia da temporada sobre Virginia Tech: “Quão rápido Justin Fuente pode mudar o ataque dos Hokies? ” Até agora, o ataque não está decepcionando. E sobre a posição de quarterback, Fuente deu a chance de titular para Jerod Evans que completou 63.3% dos passes, passou para 15 touchdowns e tem apenas uma interceptação na temporada. Na última semana, #25 Virginia Tech derrotou #17 North Carolina, pelo placar de 34 a 3, na Carolina do Norte. 

Aconteceu no sábado

O furacão Matthew que atingiu forte o Haiti e chegou no final de semana na costa do Oceano Atlântico dos EUA. O fenômeno tocou no solo no estado da Carolina do Sul e afetou alguns jogos da NCAA. As partidas: Tulane vs UCF (University of Central Florida) e LSU vs Florida, foram adiadas por conta do mau tempo. Porém, na vitória de North Carolina State sobre Notre Dame por 10 a 3, a chuva e o forte vento não impediu a partida de acontecer. O placar baixo explica as condições do campo e do jogo durante o forte temporal que atingia a região. Veja abaixo um vídeo que mostra um pouco das condições da partida do último sábado, no estádio Carter-Finlay, na Carolina do Norte.

Márcio Nunes

Estudante de jornalismo, fã de esportes, principalmente futebol americano. Acompanha NFL e futebol americano universitário. Está no Twitter pelo perfil @TheMarcioNunes

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *