Baltimore Ravens está sem sorte!

     A palavra azar poderia definir a offseason do Baltimore Ravens? Primeiramente alguns jogadores saíram na free agency, outros tiveram contratos renovados, Terrell Suggs machucou feio e ainda reclamou do já alto contrato e por fim Ed Reed espalhou boatos desencontrados pelos meios de comunicação. O draft reservou alguns jogadores interessantes, principalmente na linha ofensiva e na posição de defensive end/outside linebacker. Osemele e Upshaw foram os reforços de peso do draft. Por fim, fica o mistério para saber se defesa vai ser tão incrível como foi ano passado depois de tantos problemas. No final das contas, é uma equipe com tantos bons jogadores, que os problemas podem ser amenizados dependendo do desempenho dos que entrarem. Confiram as negociações e escolhas do draft comentadas dos Ravens.


Contratados


Sean Considine(S) Cardinals, Corey Graham(CB) Bears


Ryan McBean(DT) Broncos, Curtis Painter(QB) Colts


Patrick Scales(C), Jacoby Jones(WR)


*Deonte Thompson(WR), *Devin Goda(WR), *Addison Lawrence(G)


*Brandon Pendergrass(RB), *Cyhl Quarles(S), *Bobby Rainey(RB)


*Ishmaa’ily Kitchen(NT), *Antoine McClain(G), *Terrence Moore(DE),


*Dorian Graham(WR), *Elliott Henigan(DE), *Nicolas Jean-Baptiste(NT)


*John Brantley(CB), *Omar Brown(S), *Jack Cornell(G), *Chad Diehl(RB)


*Nigel Carr(LB), *Bruce Figgins(TE), *Jordan Mabin(CB), *Chester Stewart(QB)


Renovaram


Bernard Pollard(S), Cary Williams(CB), Dannell Ellerbe(LB)


Justin Boren(G), Josh Bynes(LB), Morgan Cox(C), Danny Gorrer(CB)


Sergio Kindle(LB), Lardarius Webb(CB), Albert McClellan(LB)


Brendon Ayanbadejo(LB), Jameel McClain(LB), Matt Birk(C), Chavis Williams(LB)


Indefinidos


Andre Gurode(C), Edgar Jones(LB), Kris Wilson(TE), Matt Lawrence(RB)


Saíram


Ben Grubbs(G) Saints, Jarret Johnson(LB) Chargers, Brandon McKinney(DT) Colts


Jamison Barryhill(RB), Charles Brown(CB), Eltoro Freeman(LB), Nick Provo(TE)


Haruki Nakamura(S) Panthers, Cory Redding(DT) Colts, Tom Zbikowski(S) Colts


Chris Carr(CB), Lee Evans(WR) Jaguars


     Antes de começar a falar sobre as posições, há alguns probleminhas a se abordar. Ray Rice quer ganhar o mesmo tanto ou mais que Aaron Foster(RB) e LeSean McCoy(RB), se bobear igualar os contratos de Adrian Paterson(RB) e Chris Johnson(RB). Seria uma temeridade assinar um contrato assim com ele, pois contra defesas conhecidas por serem boas contra o jogo corrido, Rice não fez quase nada ano passado. Além disso, já pagam uma fortuna a Lardarius Webb(CB). Outro problema, é Ed Reed(S) falando em aposentadoria para uma rádio sem nem comunicar a equipe pelo motivo de não terem dado a ele um novo contrato, e por fim a contusão de Terrell Suggs(DT) e insatisfação pelo mesmo motivo de Reed. Esses problemas têm certa relação com a vinda do promissor Bernard Pierce(RB) no draft e também com a posição que Courtney Upshaw(DE) deve atuar, ele que também veio do draft desse ano.

     Com a saída de Ben Grubs na offseason e a contusão de Terrell Suggs, vocês devem estar pensando que a defesa de Baltimore vai fazer um papelão esse ano. Mas jogadores como Pernell McPhee(DE) e Courtney Upshaw(DE) devem jogar muito tempo esse ano. Tem Ray Lewis(LB), que está envelhecendo, mas ainda é melhor que uma infinidade de jovens linebackers. Separando por posição, os outros defensive ends são Paul Kruger(DE), DeAngelo Tyson(DE) e Ryan McBean(DE) que completam os jogadores da posição. Os defensive tackles, bem, quanto a esses não há dúvida. O titular é Haloti Ngata(DT). Terrence Cody(DT), Michael McAdoo(DT) e Arthur Jones(DT) completam a lista dos principais reservas, já que o esquema é o 3-4. Voltando aos defensive ends, Paul Kruger deve jogar em situações de pass rush caso Upshaw não corresponda às expectativas nesse sentido.

Ray Rice pede muito dinheiro para renovar o contrato.


     É difícil prever se a defesa de Baltimore será melhor ou pior que a do Steelers, por exemplo. Mas percebe-se que em todos os setores do campo defensivo os Ravens têm algum ótimo jogador, portanto, os que entram tem uma missão não tão ingrata. Os linebackers são Ray Lewis e Jameel McClain(RILB). Existem rumores sobre o undrafted free agent Albert McLellan(LB) começar jogando esse ano, mas é complicado prever algo desse tipo. Paul Kruger e Phernel McPhee estão mais propensos a ser utilizados como pass rushers, então é possível que McLellan jogue, pois a comissão técnica gosta dele. Outras opções são Daniel Ellerbe(LB), Brandon Ayanbadejo(LB), Josh Bynes(LB), Cody Glenn(LB) e Sergio Kindle(LB).

     E os boatos sobre aposentadoria de Ed Reed? Bem, ele tem probleminhas de contusão quase que o tempo todo, mas que não o impedem de jogar bem. Quer ganhar uma fortuna de 72 milhões de dólares por mais 4-5 anos de contrato. Para a SiriusXM NFL Radio , ele disse que não estava afim de jogar esse ano. Para o Aaron Wilson via Carrol County ele disse que queria jogar e esse era o objetivo dele. Bernard Pollard(S) apoiou o companheiro de equipe. Sinais confusos, certo? Considerando que ele jogue, a secundária terá Lardarius Webb(LCB), Cary Williams(CB), Ed Reed(FS) e Bernard Pollard(SS). As opções principais serão Corey Graham(RCB), Jimmy Smith(LCB), Sean Considine(SS), Christian Thompson(FS-escolha do draft 2012) e Emanuel Cook(S). Houve ainda o draft de Asa Jackson(CB), além de outros nomes. Há briga pela posição de RCB entre Williams e Smith.


     Agora é a vez da linha ofensiva. Kelechi Osemele(OT) chega para disputar vaga como left guard com Jah Reid(OT). Se Osemele for utilizado como left tackle, algumas fragilidades do escolha de segunda rodada podem deixar a linha ofensiva com alguns problemas. Matt Birk(C) é o center titular e o pessoal em Baltimore adorou o garoto Gino Gradkowsky(OG/C), que deve ser movido para center. Outra opção como center é Andre Gurode(C). Como tackle pela esquerda, as opções são Bryant McKinnie(LT) e Ramon Harewood(T). Marshall Yanda(RG) e Michael Oher(RT) completam a linha ofensiva. Há ainda a opção de Justin Boren(G). Percebe-se uma clara falta de jogadores nesse local do campo caso haja contusões, por isso o draft trouxe dois jogadores para linha ofensiva.

     Existem também rumores sobre a equipe entrar com um esquema de dois tight ends. Os tight ends são Ed Dickson, Dennis Pita e Davon Drew. Dennis Pita tem jogado nos últimos anos. O running back é Ray Rice. A briga pelo segundo posto é ferrenha. Anthony Allen(RB), Damien Berry(RB) e o calouro Bernard Pierce(RB) brigam por essa vaga. A rotação de corridas continua com o fullback Vonta Leach. Os alvos de Joe Flacco(QB) na posição de wide receiver são Anquan Boldin(WR) e Torrey Smith(WR). A terceira e quarta vagas estão indefinidas, pois Jacoby Jones(WR-adquirido na free agent), Tandon Doss(WR), LaQuan Williams(WR), David Reed(WR) e Tommy Streeter brigam por essas duas vagas e por enquanto não há nenhuma previsão de quem vai ser mais utilizado. Diz-se sobre os receivers dos Ravens que eles têm bons números e pouca experiência. Essa é a equipe de Baltimore para essa temporada. E aí, essa defesa segura o rojão esse ano ou as contusões, confusões e adeus de jogadores importantes vão frear os Ravens?

Baltimore Ravens


Rodada 2 (3): Courtney Upshaw(DE-Alabama)

     Era um jogador de metade da primeira rodada, então a escolha foi ótima, além de ser um defensive end versátil que atua como linebacker externo. Tem gente comparando com Ray Lewis, mas ainda é cedo, apesar dele ser um ótimo jogador. Mesmo assim, ele tem características que podem colocá-lo jogando mais na posição de Suggs. É preciso ter calma com o “pass rusher” dele, pois somente pelos vídeos não é possível prever que ele vá ter duplo dígito em sacks.

Rodada 2 (28): Kelechi Osemele(OG-Iowa State)

     Do jeito que as coisas andam na linha ofensiva de Baltimore, ele chega para jogar como left guard. Ótima escolha também. Falta ver se vai render na equipe. Jogador imenso, forte e que foi titular nos quatro anos de faculdade. Ou seja, tem experiência. Sofre um pouco contra linebackers rápidos. No esquema de bloqueio por zona dos Ravens, para não haver riscos, é melhor movê-lo para Guard. Se isso acontecer a briga é com Jah Reid(OT) para a posição de left Guard.

Rodada 3 (21): Bernard Pierce(RB-Temple)

     Uma escolha de muito valor, pois no momento Pierce era o melhor jogador disponível de ataque. Vem complementar a rotação juntamente com Ray Rice, Anthony Allen e Vonta Leach. Boa escolha. Um corredor de muita visão, extremamente paciente para achar os espaços. Não tem uma velocidade explosiva mas tem sido muito elogiado nos treinamentos.

Rodada 4 (3): Gino Gradkowsky(OG/C-Delaware)

     Eles já tinham escolhido Osemele, então foi uma escolha confusa. Nesse momento não foi a melhor escolha nem por necessidade, nem por valor. Deve ser movido para center, e alguns scouts que acompanham faculdades menores dizem que ele é um ótimo jogador. Mas é preciso ter cuidado, pois ele jogava em universidade pequena, onde a chance de prevalecer sobre os adversários é muito maior. Por enquanto será reserva.

Rodada 4 (35): Christian Thompson(S-South Carolina State)

     Escolha de valor pois era um dos melhores jogadores disponíveis, além do fato de ser uma boa escolha para o elenco de safeties. Tem gente achando que ele é mais um substituto para Ed Reed, mas já apareceram sinais de que ele é mais um strong safety. Como dizem lá nos Estados Unidos, ele não tem intintos de “Ball Hawk”. Tem todas as ferramentas atléticas, por assim dizer, e vai receber umas aulinhas de Reed para que também possa jogar como free safety no futuro.

Rodada 5 (34): Asa Jackson(CB)

     Os Titans estavam de olho nele, mas conseguiram pegar Sensabaugh(CB) uma rodada antes. Jackson tem talento, segundo alguns analistas, até para ser um starter, caso a equipe tivesse cornerbacks mais fracos, claro. Boa escolha nesse momento se pensarmos em elenco e mais opções para a posição em Baltimore.

Rodada 6 (28): Tommy Streeter(WR)

     Precisa ser trabalhado, mas fisicamente tem tudo aquilo que os scouts gostam. Braços longos, rápido e uma ameaça em bolas profundas. Seu problema é agarrar a bola, mas terá o training camp para trabalhar esse defeito. Felizmente para os Ravens, é esse tipo de receiver que eles não tinham em termos de opção. Por isso ele tem chances de ser até o terceiro receiver.

Rodada 7 (29): DeAngelo Tyson(DT-Georgia)

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *