As Defesas 2016 – Saints / Falcons

New Orleans Saints

Esquema: 4 × 3 
Coordenador defensivoDennis Allen – ex HEAD COACH dos Raiders

 

Performance em 2015:

  • pontos permitidos – 29.8 por partida (32ª da NFL)
  • jardas permitidas – 413.8 por partida (31ª da NFL)
  • contra o jogo aéreo – 284.0 por partida (31ª da NFL)
  • contra o jogo de corridas – 129.8 por partida (31ª da NFL)
  • turnovers conquistados – total de 22 (Empatados com os Packers, Seahawks e Vikings – 18ª da NFL)
  • sacks – total de 31 (Empatados com os Cowboys e Dolphins – 25ª da NFL)
  • tentativas de 3º Down convertidas – 40.3% (22ª da NFL)

Performance em 2014:

  • pontos permitidos – 26.5 por partida (28ª da NFL)
  • jardas permitidas – 384.0 por partida (31ª da NFL)
  • contra o jogo aéreo – 251.2 por partida (25ª da NFL)
  • contra o jogo de corridas – 132.8 por partida (29ª da NFL)
  • turnovers conquistados – total de 17 (28ª da NFL)
  • sacks – total de 34 (25ª da NFL)
  • tentativas de 3º Down convertidas – 46.0% (31ª da NFL)

 

O relacionamento entre Sean Payton (HC) e Rob Ryan (ex coordenador defensivo) já tinha azedado desde 2014. Com as pífias performances da defesa ano passado, historicamente ruim, o casamento explodiu ainda no decorrer do campeonato.

Quem assumiu o posto, e segue agora no comando é Dennis Allen, que já tinha trabalhado com Payton no passado. Seu estilo e filosofia são opostos ao de Ryan.

Se ele conseguirá transformar a unidade numa potência é questionável, porém alguma melhora podemos esperar. Afinal, os Saints terminaram na rabeira em quase todas os itens estatísticos.

Seu principal objetivo deverá ser reconstruir o PASS RUSH, agora alinhando em 4 x 3 como base. Allen precisará fazer isso sem Hau’oli Kikaha, calouro em 2015, que contundiu-se na OFFSEASON e não participará da temporada.

 

Movimentações:

 

Não poderia ser diferente. Os Saints tiveram que buscar muita ajuda na OFFSEASON. Em todas as unidades.

Para a linha defensiva, usaram a escolha de 1º round no DRAFT 2016 em Sheldon Rankins (DT), jogador capaz de penetrações no BACKFIELD, mas tecnicamente ainda muito crú. Nick Fairley (DT – ex Rams e Lions), deverá ser o titular por enquanto. Adicionaram também o rodado Darryl Tapp (DE – ex Lions, Redskins e Eagles) e o calouro David Onyemata (DE – 4º round).

3 veteranos Linebackers tentarão dar maior consistência ao meio da defesa. James Laurinaitis (ex Rams) é o mais condecorado deles e deve emprestar sua experiência ao time por algum tempo. Craig Robertson (ex Browns) e Nate Stupar (ex Falcons) brigarão por SNAPs.

Por falar em experiência, Roman Harper (S) estará de volta a New Orleans depois de 2 anos no rival Carolina.

Ainda na linha secundária, selecionaram Vonn Bell (S) no 2º round. Se conseguirem desenvolvê-lo bem, em breve poderá substituir o decepcionante Jairus Byrd (S). Podemos também considerar como reforço, o Cornerback PJ Williams, draftado no 3º round de 2015. Ele não entrou em campo devido a contusão.

Mesmo assim, a sensação é que precisarão de mais tempo para recolocar esta defesa de vez nos eixos.

 

Destaques:

  • Cameron Jordan – DE
  • Keenan Lewis – CB
  • Jairus Byrd – S
  • Delvin Breaux – CB

Delvin-Breaux

 

Atlanta Falcons

Esquema: 4 x 3 
Coordenador defensivoRichard Smith –  ex coordenador dos Texans

 

Performance em 2015:

  • pontos permitidos – 21.6 por partida (14ª da NFL)
  • jardas permitidas – 347.6 por partida (16ª da NFL)
  • contra o jogo aéreo – 242.6 por partida (18ª da NFL)
  • contra o jogo de corridas – 105.0 por partida (14ª da NFL)
  • turnovers conquistados – total de 23 (Empatados com os Buccaneers – 16ª da NFL)
  • sacks – total de 19 (32ª da NFL)
  • tentativas de 3º Down convertidas – 42.9% (27ª da NFL)

Performance em 2014:

  • pontos permitidos – 26.1 por partida (27ª da NFL)
  • jardas permitidas – 398.3 por partida (32ª da NFL)
  • contra o jogo aéreo – 279.9 por partida (32ª da NFL)
  • contra o jogo de corridas – 118.4 por partida (21ª da NFL)
  • turnovers conquistados – total de 28 (Empatados com os Eagles – 6ª da NFL)
  • sacks – total de 22 (Empatados com os Raiders– 30ª da NFL)
  • tentativas de 3º Down convertidas – 46.8% (32ª da NFL)

 

Não era difícil mostar melhores números estatísticos na defesa dos Falcons, uma das piores de 2014. Mas também ainda não estão no ponto ideal, precisando evoluir em diversa áreas. Parte da razão para essa melhora, foi um schedule favorável, especialmente no início do campeonato.

Tenho minhas dúvidas sobre a viabilidade de reproduzir o estilo defensivo dos Seahawks em outra equipe, com elenco diferente. É o plano de Dan Quinn (HC), ex coordenador em Seattle. Algo que ainda não funcionou com seu predecessor Gus Bradley, que tenta o mesmo como HC dos Jaguars.

De qualquer forma, nenhum esquema funcionaria bem tendo a defesa como a última colocada em sacks da liga.

 

Movimentações:

 

Para buscar essa reinvenção, os Falcons draftaram Keanu Neal (S) no 1º round do DRAFT 2016 para tentar moldá-lo à imagem de Kam Chancellor (S). O calouro inclusive andou treinando com o veterano dos Seahawks.

No 2º round eles selecionaram Deion Jones, Linebacker atlético, porém inexperiente.

Sai um veterano retorna outro. William Moore (S) foi dispensado e Sean Weatherspoon (LB) volta ao time com juras de amor, depois de 1 ano discreto em Arizona.

Visando incrementar o PASS RUSH, os nomes adicionados foram Derrick Shelby (DE – ex Dolphins) e Courtney Upshaw (OLB – ex Ravens). Será suficiente para elevar o número de sacks de Atlanta?

 

Destaques:

  • Desmond Trufant – CB
  • Paul Worrilow – LB
  • Ricardo Allen – S
  • Ra’Shede Hageman – DT

NFL: AUG 08 Preseason - Dolphins at Falcons

 

 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *